Minha loja no elo7

01/10/2013

3ºConcurso cultural

Olá pessoal,venho anunciar o 3ºconcurso cultural do blog em parceria com a Coats Corrente.

Vamos relembrar como começou sua história com o  artesanato e contar qual foi a primeira peça que você fez e como foi essa experiência.
A resposta mais divertida ganhará uma bolsa recheada de linhas,revistas e agulhas da Coats Corrente.
Regras:
Seguir meu blog:AQUI;
Deixar um comentário com :
Nome:
Nome de seguidor:
Email:

Resposta:

“A Coats Corrente, como nossa parceira, apenas fornece o prêmio a ser enviado ao ganhador, auxilia na escolha do ganhador e divulga os concursos em andamento em suas mídias sociais. Não sendo responsável pela administração do concurso e envio de prêmios ao ganhador.”


90 comentários:

  1. Ana Rosa (Rosa Barros)
    Minha primeira peça de artesanato é um agnos dei que fiz na escola- tenho até hoje - faz anos - imagina que agora estou com 57 anos e quando fiz tinha 10 anos- é lindo se pudesse postaria a foto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosana Landin
      rosanalandins2@hotmail.com
      Eu começei muito novinha com 10 ou 11 anos, eu fazia um cursinho gratuito, la eu começei a aprender as primeiras coisas... a primeira peça q eu fiz foi cachecol rsrs porque era mais facil,,, Claro que optava em fazer as coisas mais faceis, mais sempre fiz com muito carinho, desde então nunca mais deixei de fazer ---- Hoje tenho 36 anos e faço crochê até hoje!!

      Excluir
  2. nome: Andressa Riquetti
    nome seguidor Andressa Riquetti
    email:medianeirasaogabriel@hotmail.com
    minha primeira peça foram duas toalhinhas redondas q fiz para por nos banquinhos de madeira do barzinho aqui de casa, ficaram tão embabadadas q não dava pra amarrar e minha mãe dizendo olha q lindooooo fez babadinho kkkkkkkkkkkkkkkkk um horror bjos :)

    ResponderExcluir
  3. NOME: SIMONE RODRIGUES MEDEIROS BOANERGES
    EMAIL; SIMONE BOANERGES@HOTMAIL.COM
    CIDADE; APARECIDA DE GOIANIA GO
    RESPOSTA: MEUS PRIMEIROS TRABALHOS FORAM AOS 9 ANOS BIQUINHOS EM PANO DE PRATOS ENSINADOS PELA MINHA VÓ PATERNA ANICETA. NÁ ÉPOCA EU QUERIA ERA SÓ BRINCAR COM OS PRIMOS E APROVEITAR AS FÉRIAS QUE IAMOS SOMENTE UMA VEZ NO ANO PRA LÁ. MAS A MINHA VÓ DEPOIS DO ALMOÇO TODOS OS DIAS COZINHA LIMPA ELA SENTAVA AS NETAS CADA UMA COM SEU PANINHO NO COLO E AGULHA NA MÃO E MÃOS A OBRA COM A MAIOR PACIENCIA DO MUNDO. HOJE AGRADEÇO DE CORAÇÃO POR TER ME ENSINADO ESTA ARTE MARAVILHOSA QUE ESTOU DEDICANDO A CADA DIA MAIS E COM DETALHE HOJE SOU VICIADA EM CROCHE JÁ ANDO COM UMA SACOLINHA NA BOLSA QUE TEM SEMPRE UMA LINHA E AGULHA NAS SALAS DE ESPERA, DENTRO DO ONIBUS PARA PRATICAR .

    ResponderExcluir
  4. ESQUECI DE DIZER, QUE A PRIMEIRA PEÇA FICOU TODA REPUXADA PONTOS ALTOS E CORRENTINHAS FORA DA ORDEM POIS QUERIAMOS ERA TERMINAR PARA BRINCAR. MAS A MINHA VÓ ERA PACIENTE NO DIA SEGUINTE TINHA OUTRA PEÇA PARA A GENTE IR TREINANDO

    ResponderExcluir
  5. Nome: Desirée Winters
    Seguidora: Desi Winters
    email: artesdadesi@outlook.com
    Meu primeiro "trabalho" foi um centrinho de mesa bem torto que acabou virando uma bolsinha... sim a toalhinha fechou tanto que a unica solução foi fazer uma bolsinha.. com pontos que nem sei como saiu... uns grandes.. uns pequenos.. apertados e outros bem largos. rs tinha uns 6 anos de idade.. faz muito tempo...

    ResponderExcluir
  6. Oi amiga, adorei todas as novidades do teu blog, também trago novidades no meu blog para ti contar, confira e depois deixe um comentário para eu poder saber o que achastes,beijokas.
    http://www.titacarre.com
    http://www.agulhaetricot.com
    http://elo7.com.br/titacarre

    ResponderExcluir
  7. Nome: Patrícia Kawaminami Moreria
    Nome de seguidor: Patty K. Moreira
    Email: patty_ka55@hotmail.com
    Resposta: Todos os dias via a minha vó e minha mãe crochetando toalhas lindas... até que um dia eu insisti para me ensinarem! Tinha uns 9 anos de idade, ensinaram a fazer correntinhas... enjoei das correntinhas e pedi pra me ensinarem mais. Ensinaram o ponto baixo para prender as correntinhas... e foi saindo uma toalhinha muito, muito estranha, apenas de correntinhas e pontos baixo..rsrsrs Um dos primeiros trabalhos que fiz meu pai ainda usa, colocando em cima daqueles filtros de água de barro. Quando visito ele, e olho aquela toalhinha super velha fico sorrindo feito boba...

    ResponderExcluir
  8. Nome: Naia Loren de l mattos
    Seguidora: Naia Loren Mattos
    email: naia_mattos@ig.com.br
    Meu primeiro trabalho foi um tapete com coração bem tortinho... kkkkk. Eu aprendi meus primeiros pontos com minha comadre e depois fui aprendendo sozinha através de revistas e videos.

    ResponderExcluir
  9. Nome: Danielle Priess
    Nome de seguidor: Arte em Croche
    Email: daniellepriess@hotmail.com
    Resposta: Minha primeira experiencia foi um paninho quadrado que fiz pra mim mesma, pintei e depois fiz o barradinho, nossa mas nem se compara com os que faço hoje, cada dia sempre melhorando com certeza, mas te confesso que fiquei muito orgulhosa de mim mas não foi a melhor coisa que fiz não kkkkk

    ResponderExcluir
  10. Nome:jaqueline de paula da silva pereira
    Nome de seguidor:jaqueline de paula da silva pereira
    Email:jaquemilly23@hotmail.com
    a primeira peça de croche foi uma toalhinha de mesa minha vó que me ensinou eu fiz e dei de presente pra ela ela tem ate hj ja fazem mais de dez anos.

    ResponderExcluir
  11. Minha linda eu não podia fica de fora do seu concurso,
    Nome:iza costa
    Nome de seguidor: iza artes e criações
    Email:izaartesecriacoes@gmail.com
    divulguei:https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=219838584848278&id=100004664140160
    Como a primeira vez agente nunca esquece.
    Resposta: Minhas primeiras peças foi um conjunto de guardanapo amarelo que minha tia tinha encomendado, eu não conseguia os fazer ficarem aberto, dê tanto eu despacha e fazer de novo, quando fui entregar, já era preto. Mais valeu apenas , porque eu sabia que minha tia tinha encomendado só pra mim apoia, sou muito grata a ela, pós era a pessoa que mais me apoiava quando eu queria aprender algo.

    ResponderExcluir
  12. Nome: Tatiane Figueira Pereira
    Nome de seguidor: Tati a poderosa
    E-mail: tatiane_figueira@hotmail.com
    Resposta: a minha primeira peça foi um caminho de mesa bordado em ponto cruz. Como estava aprendendo ainda, comprei as agulhas e as linhas e fui fazendo tudo ao mesmo tempo: diversas linhas e agulhas penduradas e dando nós intermináveis. Foi muito engraçado e demorei pra terminar por ter que ficar desmanchando os nós... mas terminei, ficou lindo e vendi ele, e comprei um violão que era o meu sonho...

    ResponderExcluir
  13. Nome:MARIZA N S BEZERRA
    Nome de seguidor:MARIZA NUNES
    Email:MARIZANUNESSB@OTMAIL.COM
    LINK DE DIVULGAÇÃO DO BANNER:https://www.facebook.com/mariza.nunes.5/posts/449874578463960

    Resposta:A PRIMEIRA PEÇA QUE FIZ: SEM NOÇÃO ALGUMA DE COSTURA E MEDIDAS,APENAS A VONTADE DE FAZER E A DETERMINAÇÃO;FOI UMA JARDINEIRA SAIA COM ALÇAS TRANÇADAS NAS COSTAS,TINHA UMA FESTA DE ANIVERSÁRIO DE UM ANO ,A COMEMORAÇÃO ERA EM UMA ESCOLA,NÃO TINHA NOÇÃO ALGUMA DO QUE PRESENTEAR.AI VEIO A IDEIA E O PROJETO FOI POSTO EM PRATICA;ENTREI NAQUILO COM A CARA E CORAGEM.ESTAVA DETERMINADA A NÃO FRACASSAR.FICOU LINDA A COR ERA UM AZUL BEM CERULEO E SÓ NÃO ME LEMBRO A LINHA MAS USEI UMA BEM LEVE FICOU LINDO. E DESTE DIA EM DIANTE NUNCA MAIS PAREI.

    ResponderExcluir
  14. minha primeira peça foi um tapete de grade eu tenho ele ate hoje eu tinha 9 anos de idade hoje eu estou com 28 anos, e já sei fazer de tudo um pouco!!!

    ResponderExcluir
  15. a primeira peça que eu fiz eu tinha 9 anos de idade, foi um tapete de grade tenho ele ate hoje,dai eu vi que tinha jeito para a coisa de artesanato!!! hoje eu faço de tudo um pouco!!!! a cor do tapete era rosa com branco hoje já desbotado também já faz muito tempo que tenho ele.desde este dia faço meus artesanatos!!

    ResponderExcluir
  16. Oi migaaaa,cheguei.Vim contar minha histórinha...
    Lilian Marson
    lilianevamix@yahoo.com.br
    Limeira SP

    A minha primeira peça...
    Bom, meu pai que sempre gostou de leitura e também se agrada de artes manuais resolveu presentear minha mãe com uma coleção chamada Milepuntti.Naquela época as edições saiam nas bancas semanalmente.Tratavas-se de trabalhos com fios,desde costura,crochê,tricô,bordado, macramê,frivolitê até tear.Meu pai comprou os exemplares sem faltar nenhuma semana até formarem 4 livros.Depois mandou encadernar com capa dura.Minha mãe gostou do presente,mais eu ameiiiii de paixão!E com 9 aninhos eu peguei um dinheirinho que eu tinha no bolso,fui num bazar pertinho de casa e comprei um novelo de um fio de seda verde que era lindo.Fui pra casa,peguei o Milepuntti e olhando em uma das receitas eu mesma fiz minha primeira toalhinha!Que ficou uma fofa!Desde então...Mil e um trabalhos com fios.
    É isto.
    Um beijão...Lili.

    ResponderExcluir
  17. Nome:Vanessa Lovatel Basso
    Nome de seguidor:VANESSA CROCHÊ
    Email:vanessa.croche@outlook.com
    Divulgação:https://www.facebook.com/vanessa.l.basso/posts/414021882031269


    Resposta:A minha primeira peça artesanal foi um caseado em um pano de prato.Fiz ainda menina.Minha mãe adorava fazer crochê e eu curiosa,queria aprender.Então,ela me ensinou a fazer o caseado,mas eu queria terminar logo,rsrs,então fazia 10 correntes e um ponto alto,rsrs,terminei rapidinho,mas depois vi que ficava feinho aqueles pontos tão distantes e ainda a linha era azul marinho,rsrs,ficava mais estranho ainda.Nunca esqueço,rsrs.Depois,com o tempo fui vendo que tinha que ser tudo pertinho e que uma peça artesanal precisava de paciência,tempo e persistência.rsrs

    ResponderExcluir
  18. Participando:
    Nome:tania mara
    divulgação:www.fuxikitosecia.com.br
    e mail: www,fuxikitosecia.com.br

    Minha primeira peça artesanal foi em crochê.Eu peguei o gráfico numa revista e comecei a fazer uma blusa,do jeito que entendia a receita.Depois de algumas horas,o formato era de uma capa,bem menor que meu corpo e que eu não tinha a menor ideia, de como chegar a manga.Nesse dia uma vizinha,veio me visitar e ao ver a peça no sofá. Adorou e até perguntou se eu não queria vender.Me senti a "a ultima bolacha do pacote" imagine minha primeira blusa,vendida!!!Chutei um preço e a criatura aceitou.minha única preocupação era como terminar aquilo.
    Até que a vizinha perguntou,além da capa de bujão você poderia fazer um tapete e uma capa para o fogão? Só então me dei conta, de que, era o que aquela "coisa" parecia? Mas a essa altura,a vergonha pior seria contar a verdade a mulher.Falei que sim,atendi ao pedido da pobre.E não é que ficou uma capa bonitinha?

    ResponderExcluir
  19. Nome: Maria Elisabete Silveira
    Nome Seguidor: Maria Elisabete Silveira
    E-mail: entrelinhasmariel@gmail.com
    Blog: entrelinhasearte.blogspot.com
    Resposta: Conheci o crochê quando era menina. Minha mãe sabia os pontos básicos pra fazer barrinhas em panos de prato e tratou de me ensinar, pois toda menina deveria aprender as artes das linhas, da cozinha, e ser uma boa dona de casa. Ensinou-me também alguns bordados, mas meu ponto era tão apertado e os paninhos ficavam tão franzidos que desisti. Mas eu tinha uma tia-madrinha, a quem amava muito e que era muito crocheteira. Eis que ela vria nos visitar para o Natal. Eu tinha uns 8 anos. Peguei umas toalhinhas redondas de tecido (aquelas que eu tinha tentado bordar) e passei a crochetar nas bordas. seria meu presente pra madrinha. Os pontinhos da barra e do biquinho ficaram tão apertadinhos que a toalhinha franziu, parecendo um chapeuzinho (aquelas toucas de dormir que a gente vê em filmes antigos). Mas a madrinha adorou!!!!! Me ensinou outros pontos e levou minhas toalhas-toucas junto de si. Anos depois, vou visitá-la e entre os brinquedos de minha prima estão minhas toalhinhas. Não entre as loucinhas da casinha, mas na cabeça das bonecas, como belas toucas-toalhas que eram. rsrsrsrsrs. Os anos passaram. O crochê foi personagem de outras histórias de minha vida, mas sempre que o ponto fica meio apertado lembro com carinho da madrinha e dos meus primeiros pontos.
    Beijinhos no coração e bons crochês.

    ResponderExcluir
  20. NOME: BRENDA CAROLINE
    SEGUIDORA: BRENDA CARDOSO
    EMAIL: TUDOEMCROCHE68@GMAIL.COM

    RESPOSTA: UM DIA VI MINHA SOGRA FAZENDO CROCHE LOGO PEDI PARA ELA ME ENSINAR E TENTA DAKI TENTA DALI E NADA KK QUANDO ELA IA DESISTIR DE ME ENSINAR EU APRENDI NO MESMO DIA JA QUERIA FAZER UMA TOALINHA PEGUEI A MAIS FACIL DA REVISTA ASSIM QUE TERMINEI NOSSA EU FIQUEI TAO FELIZ QUE QUANDO VINHA VIZITA EM CASA EU CORRIA PEGAR A TOALINHA PARA MOSTAR KKKK EU APRENDI COM 17 ANOS AGORA JA TENHO 19 E ESTOU MUITO FELIZ E VICIADA NESSA ARTE NAO PRETENDO PARAR TAO CEDO .... EU DEI MINHA PRIMEIRA TOALINHA PARA MINHA MAE ELA GOSTOU MUITO ......... FIIIM =)

    BOA SORTE A TODAS *-----*

    ResponderExcluir
  21. Mone:maria dos santos
    Mone Seguidor: nen
    E-mail:marysnts@hotmail.com

    Resposta: o meu amor pelo croche comecou ,quando eu tinha 17 anos , tinha uma vizinha que todo tarde ela ficava em frete a casa fazendo croche , eu eu só observando a jeito em que ela ia trabalhando a linha , e na quele momento meu esposo viu o quanto eu observava ela trbalhando ,e mim perguntou voçe gosta de fazer croche? eu falei eu amo croche mesmo sei saber direito , e então no outro dia ele sair pra cidade e comprou uma agulha e 2 tubo de linha na cor azul, eu fique emocionada quando vei a quele presente , eu tava gravida , e a minha primeira peça foi um chapeuzinho pro meu filho e um sapatinho. e da então o meu amor pelo o croche só vem crescendo,,a agulha eu ainda tenho t muito velhinha mais amo fazer croche com ela.....QUE DEUS NOS CONCEDA MUITAS SABEDORIAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. meu E-mail atual é .mariasnts@hotmail.com

      Excluir
  22. Nome: Luana Nahorny
    Nome de seguidor: Luana Nahorny
    Email: lojabonequinhadeluxo@ig.com.br
    Link divulgação: https://www.facebook.com/luanagan/posts/667551039929841

    Resposta: Meus pais tinham uma casa do norte que quem tomava conta era uma tia. Eu, adolescente, adorava ficar lá (a contragosto da minha mãe...rs). Todos os dias, pegava o ônibus, após o colégio e ia para lá. Nem sempre tinha movimento e um dia, minha tia pegou dois banquinhos, sentamos no meio do estabelecimento, ela com suas agulhas de tricô e me deu outras. Começou a me ensinar a colocar os pontos na agulha, ponto meia, ponto tricô... eu ria muito porque todos que passavam na rua, paravam para olhar.

    ResponderExcluir
  23. Nome: Regiane Alves dos Santos Schon
    Nome de seguidor: Regiane Alves dos Santos Schon
    Email: remschon@gmail.com

    Resposta: Eu e meus país morávamos no estado de São Paulo, meu pai comprou uma chácara no Paraná e tivemos que vim embora e minha mãe sempre me pegava no pé para que aprendesse a fazer crochê mas nunca quis sabia somente fazer correntinha de tanto ela insistir. Aonde fomos morar era no interior e la tinha uma escola de madeira que tinha encontro de mulheres que faziam cursos de crochê, uma mulher chamada Rosana convidou eu e minha mãe para participar dos cursos, e foi então que me interessei de verdade pelo crochê. Meu primeiro trabalho foi um jogo de cozinha com desenho de duas pombinha fiquei muito feliz quando vi depois de pronto nem acreditei que era eu que tinha feito. E de la pra nunca mais parei de fazer crochê. quando perdi meu bebe o crochê me ajudou muito superar a morte dele. e não vejo a hora de ter outro bebe para poder fazer muita roupinha, sapatinho, chapeuzinho e etc. amo crochê.

    ResponderExcluir
  24. Nome: ISABEL APARECIDA DA SILVA CARLOS
    Nome de seguidor: Isabel Aparecida
    Email: isabelscarlos@gmail.com
    Divulgação:
    https://www.facebook.com/isabel.aparecida.1/posts/10201077987965769

    Resposta: Minha primeira experiência com artesanato não foi com crochê, mas com costura, pois minha mãe era costureira e eu admirava muito seus talentos!
    Um belo dia olhei para minha boneca, e resolvi fazer uma roupinha para ela:
    Peguei a tesoura da minha mãe e créu! Cortei um bolso de um paletó novinho do meu pai, e com o tecido recortei uma "roupinha" para a boneca coitada, afinal ela não tinha roupas; e, para quê meu pai tinha paletós não é?... Ele só os usava de vez em quando...

    Nem te conto o desfecho dessa história!.......
    kkkkk......

    ResponderExcluir
  25. nome:edicleia aparecida bispo
    nome de seguidor:edicleia leite
    email:edicleialeite@gmail.com

    resposta: eu e meu marido morávamos em uma fazenda no pantanal,eramos só nós dois,não tinha vizinhos e eu estava quase entrando em depressão por causa do medo que tinha de ficar sozinha,foi então que percebi que tinha que fazer algo para passar o tempo,foi então que decidi comprar algumas coisas para fazer croche, comprei linhas e panos,mas esqueci o principal a agulha .depois de alguns dias sentada numa mureta que tinha em volta da casa vi um pedaço de graveto peguei e com uma faca fui moldando a ponta de uma agulha.ficou ótima,de tanto que usei ela quebrou,mas aprendi que quando a gente quer fazer algo a gente consegue basta querer e toda vez que penso que não vou conseguir fazer algo lembro daquela agulha e detalhe nunca mais parei de crochetar.

    ResponderExcluir
  26. Oi Angela vim participar!

    Nome: Bya Ferreira
    Nome de seguidor:croche Bya Ferreira
    Email: bya.jcf@gmail.com

    Resposta:
    Tudo começou quando eu tinha 12 anos, de tanto ver minhas irmãs fazendo toalhinhas (centro de mesa) comecei a desenvolver a vontade em aprender a arte, assim que dei os primeiros passos (aprendi os primeiros pontos) fui fazer minha primeira peça, porém não gostava muito da ideia de fazer toalhinhas, pus em minha cabeça que eu iria fazer uma blusa de manga longa como não tinha ninguem que me orientasse, uma vez que minhas irmãs não faziam peças de vestuário, tive que ir na intuição, o grande problema foi fazer a cava das mangas que sempre ficavam apertadas e eu mal conseguia abaixar o braço (isso quando a manga entrava). desmanchei várias vezes até que a linha já estava visivelmente envelhecida, bem a blusa não saiu, mas, serviu pra me despertar a vontade em me aprimorar no assunto. beijos!!!

    ResponderExcluir
  27. Nome: Vanessa Oliveira
    Nome de seguidor: Vanessa e Valéria
    Email: vanessaoliveiramg@gmail.com

    Resposta: Eu tinha 10 anos e minha mãe combinou com uma vizinha para que ela me ensinasse uns imãs de borboleta... mas só que a vizinha, simplesmente esqueceu, isso mesmo! Deu um branco de como se fazia as peças! Aí ao invés de sair borboletas, saíram círculos, quadrados, linhas compridas, menos borboleta! Até ela lembrar, eu tive que ficar assistindo ela pensar: "Peraí, agora passo pra cá, ou viro?", "Onde começa mesmo a voltinha?", "Calma! Vão ficar lindas, você vai ver!". Acabou que não vi nada! Se fosse esperar por ela, estava vendo até hoje...vendo ela ficar doida!!! kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  28. Laine artes
    elaine.duarty@gmail.com
    divulgando-https://www.facebook.com/laine.art.7/posts/515283511887800

    Há uns 15 anos atrás, uma vizinha estava fazendo lindos x x x, eu me encantei no momento que vi, e logo pedi para me ensinar!! Ela muito gentil, me ensinou, eu ainda sem nada pra começar comprei 1 revista simples, comprei só 3 meadas e bordei uma pêra azul com o cabinho vermelho kkkkkkkkkk, isso mesmo, só tinha comprado meada azul e vermelha Isso foi só o começo dessa minha grande paixão que é o ponto cruz, dai em diante nunca mais parei!

    ResponderExcluir
  29. Participando!!
    Tati Medeiros
    kimikoti@hotmail.com
    Link:
    https://www.facebook.com/tati.medeiros.12/posts/671684419516701


    Resp:
    Comecei a bordar há muito tempo , quem me ensinou foi minha sogra , então comeceia trabalhar em uma papelaria que só tinha movimento nas entradas e saidas da escola ,para passar mais rapido o tempo comprei meadas e etamine e resolvi fazer um presente para minha Mãe ,já que o dia das Mães estava próximo (quem ver assim ia dar tempo kkkkkk) , a revista tinha ganhado de minha amiga Nany e la comecei umas frutas , acho que demorei quase um mês , mas saiu e para mim ficou lindo, mesmo misturando cores nada a ver , minha Mãe adorou . Depois disso comecei a fazer para vender e desde então não parei mais .Esses dias achei o paninho ,esta bem velhinho quando minha Mãe faleceu eu o guardei de recordação .


    ResponderExcluir
  30. Nome: Jaqueline Machado
    Seguidor: Jaque Machado
    E-mail; gloria.jaqueline@gmail.com
    Comecei a fazer crochê com 6 anos de idade, lembro que fazia anéis, pulseiras para mim e minhas amiguinhas, após comecei a fazer toalhinhas, me sentia uma artista rsrsrs

    ResponderExcluir
  31. Edvanda Trindade
    Seguidora Edvanda Croche
    edvandacroche@hotmail.com
    Salvador ?ba
    Comei afazer croche tinha 12 anos, Morava na roça, meus Pais nao tinham condiçoes de me darem uma agulha nem linha. Peguei o ESPINHO de mandacaru e o BARBANTE que meu Pai costura sacos com os mantimentos da roça. Como nao tinha BONECA peguei uma boneca de milho e fiz um lindo vestido pra ela de croche com o BARBANTE do meu Pai e um Espinho. E chamou a ateçcao de todos.Ate hoje nao tive bonecas mas o vestido que fiz aos 12 anos jamais esqueci. esta na minha memoria. Hoje tenho 47 anos e façco lindos trabalhos em croche

    ResponderExcluir
  32. Nome:selma graboski kubiaki
    Nome de seguidor:selma kubiaki
    Email:selma.kubiaki@hotmail.com

    Resposta: Tinha 12 anos quando comecei a aprender a fazer crochê, minha madrinha do meu lado dizendo que eu não iria conseguir, quando chegava no final do meu trabalho ficava todo repuxado porque terminava com menos pontos. Tantas tentativas pois queria mostras que eu poderia fazer. Consegui terminar o trabalho, quando minha madrinha voltou no final de semana eu disse para ela que tinha um presente para ela. Dei meu primeiro trabalho de crochê a ela.

    ResponderExcluir
  33. Nome: Ana Maria
    Nome da seguidora: Ana Maria Moniz
    E-mail: aninhamoniz@hotmail.com

    Resposta:Iniciei meu contato com a arte de tricotar á um tempo atrás.... Fiz um curso em uma escola e estava realmente entusiasmada, pois faria minha primeira blusa em tricô. A receita retirei de uma revista e lá fui eu, toda feliz. Pouco a pouco consegui concluí-la. Modéstia parte ela ficou linda, maravilhosa! Porém um certo dia de frio, fui trabalhar com minha blusa e me pus a fazer minha auto propaganda para as colegas do escritório, e eis que o sol apareceu e na hora do almoço tirei-a e pendurei minha blusa na cadeira. Fui almoçar e quando retornei, tamanha foi minha tristeza: roubaram minha blusa! Minhas colegas e eu procuramos o escritório todo e td em vão. Cheguei a chorar pela perda desta peça que para mim era tão especial, peça que fiz com tanto amor e carinho. Porém não desanimei da arte, e apesar do episódio, passei a dedicar-me cada vez mais a essa arte que é a minha paixão.

    ResponderExcluir
  34. Nome:Elisete Sabo Chaves
    Nome de seguidor:Elisete Sabo Chaves
    Email: elisete_chaves@hotmail.com

    Resposta: Minha história com o artesanato começou há muito tempo. Desde pequenina ficava encantada ao ver minha avó Idalina criar peças maravilhosas de crochê, minha mãe fazer surgir de um saco de estopa e fios de lã tapetes espetaculares. Tinha uma vizinha portuguesa, a Matilde que fazia tricô de um jeito que eu ficava hipnotizada.
    Eu sabia que tinha que aprender todas essas artes, senão não teria sossego, e passava horas observando as mãos mágicas dessas artista.
    Nessa época eu tinha 4 anos, ficava pensando como poderia fazer minhas artes. Minha mãe comprava sacos de açúcar para fazer panos de prato, e eu aproveitava o barbante da sacaria, fazia rolos enormes. Mas precisava de uma agulha, e como meu irmão Luis tinha muitas varetas de bambu, ele me deu algumas para que eu pudesse desenvolver meu projeto.
    E raspa daqui lixa dali fiz um par de agulhas de trico e uma quase agulha de crochê.
    Com o barbante e as agulhas na mão comecei a me aventurar, minha mãe vendo o meu interesse me chamou para ir ao armarinho com ela. E foi o dia mais emocionante que me lembro até hoje. Ganhei um par de agulhas 4,5 cor de rosa, que tenho até hoje, e um novelo de lã. Fiz um cachecol só em ponto tricô, não ficou lá essas coisas, meio torto, um ponto largo outro apertado demais, mas eu achei perfeito, e meu pai também, desfilava com ele pra todo lado.
    Minha avó me ensinou os primeiros pontos de crochê e a primeira peça foi uma almofada, que a minha mãe adorou, é claro.
    E assim eu fui fazendo minhas peças e tentando melhorar a cada ponto tecido, como faço até hoje.
    Amo crochê, tricô, bordado, pintura, faço um pouco de cada arte e procuro aprender todo dia com minhas amigas arteiras.

    ResponderExcluir
  35. mINHA PRIMEIRA PEÇA FOI UM PANO DE COPA QUE ESTAVA APRENDENDO PINTAR NA PARÓQUIA ONDE FIZ PRIMEIRA COMUNHAO,ELES DAVAM CURSOS PARA CRIANÇAS,NA VERDADE MEU PANO FOI UM DESASTRE NINGUEM SABIA O QUE ERA LARANJA NEM MAÇAS MISTUREI TUDINHO MAS FOI MUITO LEGAL PQ FOI ALI QUE PERCEBI QUE NÃO LEVAVA JEITO COM PINTURA.


    NOME : HILD CROCHE
    JSSJA@HOTMAIL.COM
    LNK : https://www.facebook.com/hildi.croche

    ResponderExcluir
  36. Nome Katia Cibele do Nascimento
    Nome de seguidora : Katia Cibele
    e-mail : katyacibele@r7.com
    link : https://www.facebook.com/katiacibele.nascimento/photos


    Venho de uma família onde quase todas as minhas primas fazem croche, toda são mais velha que eu, fazem coisas lindas então de tanto ver, fiquei com vontade de fazer a minha peça. Peguei uma toalhinha de croche das minhas, uma linha de croche mesclada que não é bonita pra toalhinha e comecei a fazer copiando tbm com a ajuda da minha mãe, depois de muuuuiiito tempo fazendo ela saiu, toda torta mas confesso que pra mim foi como um troféu aquela toalhinha mesclada feita por mim. Tenho até hj não uso pq acho ela muito feia mas guardei de recordação....

    ResponderExcluir
  37. NOME: KATIA CIBELE DO NASCIMENTO
    E-MAIL : katyacibele@r7.com
    NOME DE SEGUIDORA : KATIA CIBELE

    BOM, SOU DE UMA FAMILIA ONDE QUASE TODAS AS PRIMAS FAZEM CROCHE, SÃO MAIS VELHA QUE EU E FAZEM COISAS MARAVILHOSAS. DE TANTO VER OS TRABALHOS DELAS RESOLVI QUE TBM PODIA FAZER O MEU. COMPREI UMA LINHA DE CROCHE QUE NA ÉPOCA ACHEI LINDA, MAS HJ NÃO, NÃO TINHA NENHUMA REVISTA PRA COPIAR, ENTÃO PROCUREI NOS MEUS CROCHES UMA TOALHINHA DE UM JOGO DE COZINHA, O MAIS FACIL E COMECEI A COPIAR COM A AJUDA DA MINHA MÃE CLARO, OS PRIMEIROS PONTOS SAIRAM TÃO APERTADOS QUE MAL DAVA PRA COLOCAR A AGULHA NOVAMENTE. DEPOIS DE MUUUUIIIIIITTTTTOOO TEMPO NAQUELE CHOVE NÃO MOLHA MINHA TOALHINHA SAIU, TODA TORTA, UMA COR MUITO FEIA POIS ACHO QUE AQUELA LINHA NEM É DE TOALHINHAS, MAS ESTÁ AQUI ATÉ HJ NÃO USO POIS AINDA ESTÁ TORTA RSRS , MAS PRA MIM É COMO SE FOSSE UM TROFÉU CONQUISTADO. DESDE ENTÃO FAÇO MEUS CROCHEZINHOS PRA PASSAR O TEMPO, DE VEZ EM QUANDO APARECE ALGUEM QUE GOSTA E COMPRA UM OU OUTRO JOGO DE TAPETE, MAS O QUE SOBRA VOU USANDO TUDO NA MINHA CASA, AFINAL É PRA ISSO QUE APRENDI A FAZER.....

    ResponderExcluir
  38. Carla Braun
    carlabbraun@yahoo.com.br
    Nome de seguidora: Carla Braun


    Minha primeira peça foi aos 7 anos (tenho 46). Sempre fui muito levada e gostava de brincadeiras de menino, então eu jogava bolinha de gude (ou búlico, como meu filho chama hoje) com os meninos da escola e eu sempre ganhava e pra carregar minha bolinhas eu usava um saquinho plástico, mas vivia furando. Então corri pra minha vó e pedi pra ela fazer um saquinho de croche pra eu guardar as bolinhas. claro né, ela não fez, mas veio com agulha e lã e disse "- Venha, tu vai fazer teu saquinho." E me ensinou a correntinha e o ponto alto. Ficou uma "maravilha" rsrsrsr cheio de buracos pelos pontos que eu pulei e deixei de fazer. Mas eu fiz, e dali em diante fui aperfeiçoando meus saquinhos, pois comecei a vende-los pros meninos com as cores dos times deles. Então sem querer minha vó me ensinou a como ganhar uns trocadinhos, e assim poder comprar as bolinhas mais diferentes que eu achava. Saudades da minha vó!!!!!

    ResponderExcluir
  39. Oi amiga, adorei todas as novidades do teu blog, também trago novidades no meu blog para ti contar, confira e depois deixe um comentário para eu poder saber o que achastes,beijokas.
    http://www.titacarre.com
    http://www.agulhaetricot.com
    http://elo7.com.br/titacarre

    ResponderExcluir
  40. Minha primeira peça de croche foi aos 9 anos, adoeci e fiquei de cama por 3 meses, um dia minha vózinha chegou em casa com uma agulha de croche numero 3 e uma bolinha de lã na cor laranja, treinei por uma semana, depois disso fiz sózinha uma almofada quadrada em laranja e azul e dei de presente no dia dos pais, para colocar no carro, Me enchi de orgulho, isso há 41 anos atrás Obrigada minha vózinha querida!

    ResponderExcluir
  41. Nome:Claudia Alves
    Nome de seguidor:Dinha ponto cruz
    Email:pmcdesigners@hotmail.com.br
    http://sorteiosdadinhapontocruz.blogspot.com.br/2013/10/3concurso-cultural.html

    Resposta:
    "minha primeira peça foi um centrinho de mesa, minha mãe me ensinou e adorei ver o resultado, tinha 12 anos e como não sabia fazer outra coisa lembro que fiz muitos iguais só mudava a cor da linha mas o modelo era o mesmo espalhei centros de mesas pela casa inteira , até a garagem e varada tinham, minha mãe não aguentava mais e resolveu me ensinar a fazer almofadas, pra vê se eu variava um pouco, rsrsrsr"

    ResponderExcluir
  42. Olá Ângela, Bom dia!

    NOME:Maria Rosângela da Silva Dantas
    EMAIL:rosangelladant@gmail.com
    FACEBOOK:https://www.facebook.com/mariarosangela.dantas.5

    RESPOSTA:
    Minha primeira peça artesanal foi na escola na aula de Artes: UM PRATINHO TODO REVESTIDO COM VÁRIOS RETALHINHOS DIFERENTES DE TECIDO COLADOS E DEPOIS ENVERNIZADO.( Era um pratinho com suporte para dependurar na parede.) Gente ficou uma graça!, muitas pessoas não acreditavam que tinha sido feito por mim. Tive ele por muitos anos até que sumiu lá de casa...Chorei muuuuuuuuuuuito!
    Depois com 12 anos aprendi com minha tia MARIA PERREIRA a fazer umas toalhinhas em "RENDA TURCA", tive várias encomendas,mas não tinha tempo para fazer (estou devendo uma encomenda até hoje kkkk) Na época além de estudar tinha que cuidar da casa e de meus irmãos enquanto meus pais trabalhavam.
    Em 2007 ganhei de minha tia Terezinha 2 toalhinhas em "RENDA TURCA" e 3 panos de prato feito os biquinhos também nesta renda, tenho alguns panos aguardando tempo para eu fazer este bico para ficar diferente dos de crochê.

    ResponderExcluir
  43. Deixei comentário anterior a este sem nome de seguidor.

    Nome: Maria Rosângela da Silva Dantas
    Nome de seguidor: Mª Rosângela Dantas
    Email:rosangelladant@gmail.com
    Facebook: https://www.facebook.com/mariarosangela.dantas.5

    ResponderExcluir
  44. Nome:Delinha
    Nome de seguidor:Adélia
    Email:adelia.alvim@yahoo.com.br

    Minha primeira peça foi uma blusinha de alças com ponto rede e aplicaçôes de rosas,lembro-me até da cor:marrom com amarelo,comecei a aprender com uma amiga na escola,mas terminei praticamente sozinha,pois minha amiga ñ tinha muita paciência e eu terminei me aborrecendo e fazendo do meu jeito,fazia e dermanchava o tempo todo só pra ñ ter q pedir ajuda a ela,gostava muito dessa minha amiga e ñ queria ficar com raiva dela pra semprekkkkkkpor isso me virei sozinha,quando terminei e mostrei a ela,ela achou linda e ainda pediu desculpas por ñ ter tido paciênciakkkkdepois disso fiquei só fazendo biquinho de pano de prato

    ResponderExcluir
  45. Nome: Andréia Santos
    Nome Seguidora: Déia Crochês
    e-mail:andreia.planeta@hotmail.com

    Resposta: Aprendi crochê com uma freira, minha mãe trabalhava na limpeza da casa das freiras e eu como não tinha onde ficar ia junto com ela. E uma freira muito pacienciosa me ensinou essa arte linda, aprendi com 9 anos fiz um guardanapo e ele ficou na casa das freiras, para mim ficou só o aprendizado. Passou o tempo e de vez em quando fazia crochê, Em 2011 recebi a notícia que estava com câncer (leucemia). Foi um período muito difícil, tive que me afastar do trabalho e mudar toda a rotina, mas recebi muito apoio da minha família e amigos. Entre idas e vindas do hospital, pensei meu Deus não posso deixar essa doença me vencer, não podia me deixar abater, não posso ficar só em casa, sem fazer nada e reclamar o porque que isso aconteceu comigo.... Vou mudar isso então comprei barbantes, e comecei a fazer um tapete, que dei de presente para uma amiga, outras pessoas viram o tapete, e ai começou minhas encomendas... comecei a ganhar uma graninha... e hoje graças a Deus estou aqui para contar essa história.Já estou no final do tratamento e graças a Deus muito bem de saúde e hoje para mim crochê é terapia para a alma, alimenta a mente faz bem se ocupar com alguma coisa que é feito com tanto carinho e dedicação.

    ResponderExcluir
  46. oie amiga tambem vim compartilhar um pouquinho da minah historia rsrs

    eu aprendi croche quando fui passear na casa da minha tia, cheguei la ela mostrou aquele monte de centrinhos que ela fez, dai falei tia me ensina gosto dessas coisas rsrs, ela me ensinou umas correntinhas eu fiquei encantada, dai ela pegou um palito de unhas, enrolou um pouco de linha de croche e me deu uma agulha falou leva pra sua casa pra ir tentanto rsrs, levei quebrei cabeça ate conseguir fazer o primeiro ponto alto sozinha rsrs dai logo saiu um caminho de mesa que dei de presente pra minha mae no dia das maes, fiquei muito feliz pois foi o primeiro presente feito por mim que dei a ela, depois fiz um presentinho pra minha tia tambem, afinal devo muito a ela ne rsrs que me ensinou e hj é minha fonte de renda meu trabalho que tanto amo rsrs hj ja tou ensinando pras minhas filhas de 7 e 4 aninhos, haja linhas e encomendas agora ne rsrs

    adriana oliveira freitas
    adrianacroches@gmail.com
    seguidora cantinho da dry

    ResponderExcluir
  47. Nome: Rosa Maria
    Nome de seguidora: Rosa
    email: rosaborsatti@yahoo.com.br

    Minha primeira peça foi um cachecol, aos nove anos de idade, feito a partir de um casaquinho de tricô do meu irmão caçula. Eu era muito inquieta, hiperativa, não dava sossego prá ninguém - de tão arrelienta. Daí minha avó, na tentativa de me fazer ficar mais quietinha, desmanchou o casaquinho do meu irmão, fez uma bolinha com a lã e me apresentou as agulhas de tricô. Fiz esse primeiro cachecol num instante, apreciando a mágica de transformar um fio numa peça de roupa e o usei com todo orgulho na escola - e daí em diante fiquei mais calma e concentrada - prá sossego dos meus familiares...

    ResponderExcluir
  48. Nome: Loriete M. de Avelar Paranhos
    Nome de seguidor: Loriete Paranhos
    Email: lorietemunhoz@gmail.com
    Resposta: Minha primeira peça foi uma colcha de crochê que eu fiz para meu enxoval, peguei a ideia e a amostra com uma ex vizinha, a dona Geralda, que tinha feito uma para sua filha e me incentivou a encarar o longo trabalho. Não ficou perfeita, mas fiquei orgulhosa dela, pois além de ter uma peça feita por mim, me ajudou a encarar o momento difícil pelo qual passava, cuidando da minha mãe em casa com câncer terminal. Enquanto eu crochetava com a agulha minha mãe crochetava com as palavras, fazíamos companhia uma a outra. Saudades....

    ResponderExcluir
  49. Nome:Fabianne De Castilho
    Nome de seguidor:Fabianne Castilho
    Email: fabiannedecastilho@hotmailcom

    Resposta:
    Meu primeiro trabalho foi uma roupa pra Barbie , nossa que dificuldade!! Mais desmanchava que fazia , trabalho saia torto , voltava a carreira sem saber
    lembro que fiquei toda atrapalhada era só pontos altos , chorei muito de tanto nervosismo , acabei dormindo , quando acordei estava pronto , claro que minha mãe que finalizou , mas me enganou dizendo que estava certo e eu chorando atoa !

    ResponderExcluir
  50. O meu foi um trilho de mesa q alguém deixou na casa de uma vizinha pela metade ,ela me procurou e me pediu pra terminar ,junto com o trilho tinha a linha e uma revista das linhas correntes ,eu fiquei com tudo ,mas nao entendia nada pois nao sabia fazer pela revista . Então comecei a estudar e fui fazendo e num é q consegui ,alem de terminar o trabalho aprendi a tirar pela revista . Acho que aquele trilho foi Deus que mandou alguma fada deixar ali pra eu aprender a fazer as receitas da revista. obrigada pela oportunidade de poder contar minha história.

    ResponderExcluir
  51. Nome: Patricia Fernandes de Moura
    Nome de seguidor: Patricia Fernandes
    Email: patydemoura@bol.com.br

    Resposta: Minhas Primeiras peças em crochê eram sempre chapéus para boneca, pois eu tinha 5 anos e tentava fazer toalhinhas redondas sem receita que acabavam emborcando!!! quando eu via que a peça que eu pretendia fazer plana estava curvando, ja pensava: minha boneca vai ganhar um novo chapéu!!!

    ResponderExcluir
  52. Nome: Sandra Lucia dos Santos
    Nome de seguidora: Sandra Lucia
    E-mail: sanlusan@gmail.com

    Resposta: Ah! Tempos maravilhosos, os tempos de infância, tudo é descoberta, tudo é sonho. A rainha, minha mãe, fazia de tudo, e eu pitiquinha só olhando o tempo todo e aprendendo e ouvindo os programas de rádio. A rainha me guiou e me ensinou a fazer quadradinhos da vovó (tenho a revista até hoje) aos 10 ou 12 anos, então minhas primeiras peças foram 2 almofadas lindas, fiquei encantada e dei de presente a pessoas queridas. Hoje, quando olho para trabalhos acabados de fazer sinto o mesmo sentimento de encantamento, realização, alegria. Ah, crochê encantado, que eleva o espírito, que remete a infância, que só traz alegrias!

    ResponderExcluir
  53. meu primeiro artesanato foi um caminho de mesa,bordado em ponto cruz, flores amarelas e tenho até hj..guardadinho! fiquei encantada deromei alguns meses pra terminar...

    nome:zenaide
    seguidora: zenaide moreno
    email:zenaide.moreno326.@gmail.com

    ResponderExcluir
  54. Nome: ÉRICA GOMES
    Nome de seguidor: ÉRICA GOMES
    Email: evabyerica@gmail.com

    Resposta:
    Minha primeira peça artesanal foi um bordado
    Ficou muito bonito e delicado
    Minha querida vovó que me ensinou
    Depois disso nunca mais minha arte parou!!

    ResponderExcluir
  55. josiane eliane marques da silva
    josi crochê
    josianee4@yahoo.com.br
    Minha primeira peça foi um tapetinho oval roxo que minha amiga me ensinou, mas demorei anos para terminá-lo, mas ficou bonitinho, uso ele até hoje.

    ResponderExcluir
  56. josiane eliane marques da silva
    josi crochê
    josianee4@yahoo.com.br
    Minha primeira peça foi um tapetinho oval roxo que minha amiga me ensinou, mas demorei anos para terminá-lo, ficou bonitinho, uso ele até hoje.

    ResponderExcluir
  57. Nome: Isabel
    Nome de seguidora: Crochê da bel (acho que é este né?)
    Email: tinas2013@gmail.com

    Morávamos em uma fazenda quando minha irmã mais velha foi trabalhar na casa de uma senhora que fazia crochê. Minha irmã logo ganhou linhas e agulhas e começou seus trabalhos, eu tinha nove anos, como a maioria rsrsr, e comecei a observar minha irmã crochetar. Todos os dias quando ela chegava do serviço e pegava na agulha eu corria pra perto. Ela dizia que eu não poderia fazer crochê pois era muito nova e não tinha material para trabalhar. Um dia chamei meu irmão mais novo e perguntei se nós dois juntos não conseguiríamos fazer uma agulha de crochê para mim, ele perguntou como era a tal agulha e fui com ele até onde estava minha irmã fazendo crochê, e ficamos os dois observando. Ela disse: Agora até você vai ficar ai olhando? Saímos dali e fomos fazer a tal agulha, tentamos raios da roda de bicicletas mas, não deu certo. Foi então que pegamos uma vara de bambu, sim, no bambuzal perto de casa. Afinamos uma vareta, cortamos no tamanho da agulha, fizemos a ponta e pronto, lá estava a minha agulha de crochê! Que felicidade! Ele disse: E agora, onde vamos achar a linha? Me lembrei de um casaco velho de tricô que eu tinha, mas minha mãe me daria uma surra por desmanchar o casaco, mesmo assim desmanchei um pedaço das mangas, já que eram mais compridas que meus braços mesmo, e comecei a tecer meus primeiros pontos, com meu irmão do lado dizendo: isso não é assim não sua burra, não é assim que Lene faz! Saí de perto dele e fui para baixo de uma árvore no meio do pasto, e lá comecei a fazer algo que para mim seria um paninho para a mesa da minha mãe. Qual não foi meu espanto, quando terminei o tal paninho, ele havia virado uma touca kkkkk. Sim uma boa touca que cabia certinho na cabeça de quem? Isso mesmo, do meu irmão. Corri para casa eufórica mostrando para minha mãe que eu havia aprendido a fazer crochê e fiz uma touca para meu irmão Jorge, que agora há um ano e meio foi morto. Tenho ótimas lembranças dessa fase da minha vida! Aprendi a fazer crochê só olhando minha irmã fazer, e hoje ela sem tempo, compra trabalhos meus. Agradeço à Deus por ter me dado oportunidade para aprender uma arte tão linda. Hoje tenho 39 anos e consegui unir o amor pelo crochê a um meio de ganhar dinheiro com ele e através de blogs como o seu Ângela, vou aprimorando cada vez mais os meus trabalhos. Grande Beijo e venha conhecer meu blog, estou começando agora mas, te espero lá: crocheartebel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  58. Nome: Bete
    Nome de seguidora: Bete
    Email: betelu42@gmail.com

    Minha primeira peça foi uma nega maluca, eu tinha 13 anos, não lembro qual foi o fim dela

    ResponderExcluir
  59. nome:Alda Cilene Bispo de Marins marigo
    email..Alda -Cilene @hot mail.com
    seguidora Alda Cilene crocheteira
    minha primeira peça foi fraudas de uma sobrinha mas nunca pode usar pois ao nascer o cordao umbilical enrolou em seu pescoço e veio a falecer.dai em diante nao parei mais

    ResponderExcluir
  60. Nome: Auta Rangel
    e-mail: auta.rangel@gmail.com
    Minha primeira peça foi inesquecível. No dia que fiz 7 anos minha mãe me deu uma agulha e um novelo de lã. E aí começou a me ensinar a fazer tricô, fazendo um sapatinho de bebê. O sapatinho ficou usável e uma amiga de mamãe comprou. Eu fiquei me achando o máximo.

    ResponderExcluir

  61. Nome: Marcia Goering
    Nome de seguidor: Marcinha Menina Lili
    Email: meninafefe@gmail.com

    Resposta:

    Com 10 anos pedi pra minha mae me ensinar a fazer crochê. Ela me deu linha e agulha e me ensinou a fazer correntinhas. Pedi pro meu pai fazer também (lembro da cor da linha! Era uma roxa linda) ficamos meu pai e eu fazendo correntinhas... ele se cansou rápido e eu... bem... fiz um novelo inteiro de correntinhas hahahha
    Não satisfeita, desfiz todas as correntinhas e fiquei olhando minha mãe fazer paninhos pra estante... tentei.. tentei... e as 3 primeiras toalhinhas sairam... pequenas. . Mas eu tooooda feliz... dessa vez não pedi pro meu pai fazer junto kkkkkk

    Beijos Ângela!!

    ResponderExcluir

  62. Nome: Márcia Goering
    Nome de seguidor: Marcinha Menina Lili
    Email: meninafefe@gmail.com

    Resposta
    Quando eu tinha 10 anos pedi pra minha minha mãe me ensinar a fazer croche.
    Ela me deu uma linha e agulha (lembro a cor da linha... roxa linda) ela me ensinou a fazer correntinhas. Pedi pro meu pai sentar do meu lado e fazer também. .. kkk... ele se cansou rápido e eu... bem... fiz um novelo inteiro de de correntinhas. Kkk

    Não satisfeita... fiquei olhando ela fazer toalhinhas de colocar em estantes. Desfiz as correntinhas pra aproveitar o novelo e fiz 3 toalhinhas depois de muiti faz e desfaz.
    Desta vez meu pai não ficou do meu lado fazendo comigo kkkkk


    Beijos Beijos Ângela
    (To mandando outro comentário pois nao sei se o primeiro foi por que deu problema de internet ok? Pode deletar um dos dois.) É a mesma estória.

    Bj

    ResponderExcluir
  63. Nome;ORLLALIA COSTA NEVES
    Email:liacostaneves@gmail.com
    minha 1ª peça! haa me lembro bem foi uma blusinha e uma sainha da minha boneca,detalhe quando eu era criança agente ia na mercearia fazer compras o cacheiro embrulhava o que agente comprava e amarrava com uns barbantes chatinhos,ram coloridos ,uns vermelhos outros amarelos outros azuis e rosa .
    como eu nao podia comprar linhas eu ia amarrando os que vinha nas compras e fasendo uma bolinha,aprendi os pontos básicos vendo uma vizinha italiana crochetando,ai fiz a sainha e a blusinha mostrei pra ela e ela com dó me deu linhas e agulhas pois a minha eu quem fiz com um pedacinho de bambu,cortei e fui fazendo a pontinha da agulha,vcs imaginam uma criança de 7 anos curiosa confeccionando sua própria agulha de croche kkkk entao foi assim meu início na arte maravilhosa que é o croche

    ResponderExcluir
  64. Nome: Inez Barbosa
    Seguidora: Como no tempo da Vovó
    Link de divulgação: https://www.facebook.com/InezBarbosaTS/posts/735875489772679
    Email: nenoca-inez @hoatmail.com

    Bom, toda menininha que se preze admira muito sua mãe e tudo que ela faz. Comigo não foi diferente. Por volta dos meus 7 anos de idade, eu ficava babando os trabalhos que minha mãe fazia em tricô, crochê, frivolitê, macramê e etc. Porém, o que mais me encantou foi o crochê, e ficava perturbando ela pra me ensinar. Eu precisava aprender a magia de transformar um fio em um centrinho de mesa, ou uma bolsinha, uma camisa, uma colcha, um vestidinho... Nossa, como eu me encantava com isso. Foi ai que de tanto que eu insisti, minha mãe me deu uma agulha e sobras de lã. Fiz um centrinho que presenteei minha avó. Dai por diante não parei mais. Quanto mais o tempo passa, mas eu amo fazer crochê. O fio que eu mais usava na época de adolescente, era o Mercê Crochê. Amava fazer toalhas com esse fio, ficavam uma renda.

    ResponderExcluir
  65. Nome: Priscila Lima
    Nome de seguidor: Priscila Lima
    Email: prisly088@hotmail.com
    divulguei no face: https://www.facebook.com/priscila.lima.9847867/posts/374299496034344
    Resposta: na época que ganhei um pedaço de etamine, nem sabia o nome direito, como minha irmã participava num grupo de arte na igreja, ela trazia sobras de linhas, varias cores, e o meu primeiro bordado foi corações coloridos. bordei corações de coração.foi assim que me apaixonei por essa arte linda o ponto cruz.

    ResponderExcluir
  66. Nome: Rubia Mara I. de Vasconcelos
    Email: rubiamenezes123@gmail.com
    Seguidora: Rubia Kenes
    Divulgando: http://rubiaartes.blogspot.com.br/
    Divulgando: https://www.facebook.com/rubia.mara.543

    Resposta: na época eu tinha nove anos de idade e estava na moda aquela bolsa de crochê de franjinhas e eu queria muito , muito mesmo , mais minha mãe não podia compra para mim pois ela não tinha só eu de filha tinha mais cincos filhos e o dinheiro não dava para comprar, foi ai que conheci uma senhora que fazia crochê muito lindos eu ficava encantada com os trabalhos dela, ela era daquela pessoas que parecia um anjo e vendo que eu queria muito a bolsa de crochê ,ela me disse que iria me ensinar a fazer uma , foi ai que fiz o meu primeiro trabalho de crochê e foi o começo de tudo.
    E passando um ano aquela mulher morreu de câncer eu não sabia que aquele anjo estava doente, mais agradeço a Deus por ter colocado aquele anjo em minha vida, nunca me esqueci dela e dai em diante comecei a fazer crochê e ensinar quem quer aprender, hoje sou voluntaria de igrejas escolas, só assim vou poder agradecer aquele anjo o que ela me fez.

    ResponderExcluir
  67. Nome.. Katia pires
    Nome do seguidor: drakatiapires
    email:drakatiapires@gmail.com

    ResponderExcluir
  68. Nome:Tania M.R.Sette
    Nome de seguidor:
    Email:serious.sette@gmail.com

    Resposta:Nossa comecei a fazer croche com 14 anos , efoi um dia que vi uma agulha e uma linha e comecei a fazer, desmanchei muitas x, até que consegui fazer as correntinhas,aí fui fazendo até ficar uma toalhinha rs.Foi uma alegria.....

    ResponderExcluir
  69. Nome: Fabiana Chaves
    Nome Seguidora: Pisom Artesanatos
    E-mail: pisom.artesanatos@hotmail.com

    Bom aprendi a fazer crochê aos 9 anos de idade com minha madrinha, o engraçado é que ela me ensinou mas ela mesma ñ gostava de fazer crochê, rsrsrs, bem fiz muitas correntinhas e squares quadrados bem tortos até que um dia resolvi fazer minha primeira peça que foi um jogo de toalha com ponto abacaxi que fiz no olhômetro vendo uma foto de uma revista, foi uma maior e 3 pequeninas, guardei, pq disse que faria parte do meu enxoval e realmente só vim usar qdo me casei aos 28 anos e hj depois de quase 7 anos de casada ainda tenho meu joguinho um pouco desbotado, rsrs enfeitando a minha cozinha, rsrsrs inclusive postei a foto da toalha maior no seu grupo no face na semana do verde, rsrs bjos espero que minha história vença!!! ;)

    ResponderExcluir
  70. Nome: Nanci Gomes
    Nome do seguidor: Nanci Artesanato
    email: nancirussa@hotmail.com
    Divulgação: https://www.facebook.com/nanciartes
    Minha primeira peça foi um vestidinho de boneca. Minha mãe me deixava na escola e ia para Madureira aprender crochê e quando eu chegava da escola ela me passava tudo. Ela trabalhava com a mão direita e eu com a esquerda, e consegui aprender muito bem, tanto que ela me liga para tirar dúvidas e eu ainda brinco dizendo que a prof. é ela.

    ResponderExcluir
  71. nome: Florinda luis de jesus
    nome de seguidor: florinda luis
    email: florindaluisjesus@gmail.com
    resposta: desde de pequenina admirava minhas irmas fazerem croche,
    com sete anos sabia ja fazer os pontos basicos do croche, entao minha irma me deu uns restinhos de linha colorida e entao fiz uma toalhinha quadrada assim, com as duas primeiras carreira vermelho e a restante azul,ja bem certinha e sem erros, como ficou linda! dei de presente pra minha mae no seu aniversario, coisa de criança. e ela a mae ficou super feliz. esse foi meu primeiro trabalho...

    ResponderExcluir
  72. Nome : Rosa Santos
    Nome seguidor: Rosinha Santos
    email: rosa_bely@yahoo.com.br
    divulgação: https://www.facebook.com/rosinha.santos.7773

    Aprendi os primeiros passos com minha, mãe, e fiz somente, bicos de pano de prato e um cachecol...mas já me bastou, para crescer a paixão , por essa arte...e hj retornando, depois do falecimento de minha mãe, agora, um modo de tê-la , mais perto de mim, pois ela, tb gostava muito......abraços...

    ResponderExcluir
  73. Nome:Rosa Santos
    Seguidor: Rosinha Santos
    email:rosa_bely@yahoo.com.br
    divulgação:https://www.facebook.com/rosinha.santos.7773
    Aprendi os primeiros passos, com minha mãe, e assim começou meu interesse e paixão pela arte, parei um tempo, mas hj , ,de volta e com muita garra, pelos trabalhos maravilhosos que vejo ,nas minhas andanças virtuais,kkk, e também, um modo de ficar perto de minha mãe novamente, ..abraços.!!!

    ResponderExcluir
  74. olá minha primeira peça foi uma toalha cor de rosa adorei fazer desmanchei tanto mais nunca desisti ainda bem rsrsrs amo crocheee <3 detalhe ainda tenho ela comigo e amor <3
    alessandra pereira
    ângela prates crochê
    email ale_aleamor@hotmail.com

    ResponderExcluir
  75. Nome: Bárbara Amaral
    Nome de seguidor:Fazendo arte com a Babi
    Email:barbaramral@hotmail.com

    Resposta:Bom, tive minha primeira experiencia com uns 4 aninhos, minha tia era costureira, e eu ficava o dia todo na casa dela para brincar com a minha prima; mas quem disse que eu queria brincar? Pois é a minha prima ficava muito brava comigo, pois preferia ficar a ver a mãe dela a trabalhar do que ir brincar.... ai sempre que caia no chão um pedacinho de tecido eu pedia uma agulha e linha para fazer uma roupa para as minhas bonecas ... no maximo saia como dedinho furado e um nó na onde era para ser costura.... minha mãe não apoiava, me desmotivei...mas quem disse que parei por ai?!
    Foi quando minha madrasta começou a fazer umas toalhinhas de croche e eu fiquei olhando akilo crescer e tomar forma sem ela furar os dedos e sem errar o buraco da agulha! Ah isso era mágico demais! Com meus 9 aninhos ela me apresentou a agulha de 0,75mm e a linha que para mim era grossa rs hoje em dia acho muito fina, mas naquele momento era mágico!!!!
    Foi quando ela pegou uma toalhinha e disse que eu teria de fazer outra igual!
    Imagine fiz e desfiz trocentas mil vezes a linha de amarelinha ficou preta encardida...minhas mãos soavam muito de nervoso....as correntinhas pareciam mini nós.... foi com muita dificuldade com muita dedicação que com os dedinhos ralados de tanto raspara aquela agulha saiu uma mini toalhinha redonda mas mini mesmo e eu achando que era um tapete kkkkk sim e foi o tapete da sala das bonecas que eu brincava rs
    Foi assim que depois de um desanimo com a costura me encontrei no artesanato! Sim foi o croche o vencedor!
    Amo muito crochetar e serei eterna aprendiz, pois sempre estou a busca de algo novo!


    Beijos e muito obrigada por esta oportunidade! Quem sabe seja agora a oportunidade!

    <3
    Irei divulgar no face ta

    ResponderExcluir
  76. Nome:
    Nome de seguidor: Simone Muniz Puyo
    Email: tricoteiradeplantao@gmail.com

    Resposta: Minha primeira peça de tricô foi um par de polainas, com todos os restinhos de lã que encontrei em casa, mas como tinha apenas 6 anos quando comecei a confecção e levei uns 2 anos pra terminar, quando fui experimentar, feliz da vida, já não servia mais! Fiquei muito chateada, mas acabei presenteando minha irmã menor e ficou tudo bem.

    ResponderExcluir
  77. Nome:
    Nome de seguidor: Simone Muniz Puyo
    Email: tricoteiradeplantao@gmail.com

    Resposta: Minha primeira peça de tricô foi um par de polainas, com todos os restinhos de lã que encontrei em casa, mas como tinha apenas 6 anos quando comecei a confecção e levei uns 2 anos pra terminar, quando fui experimentar, feliz da vida, já não servia mais! Fiquei muito chateada, mas acabei presenteando minha irmã menor e ficou tudo bem.

    ResponderExcluir
  78. Nome: Tricoteira de Plantão
    Nome do seguidor: Simone Muniz Puyo
    Email: sipuyo@gmail.com

    Resposta: Minha primeira peça foi um par de polainas, que fiz utilizando todos os restinhos de lãs que encontrei em casa, acontece que comecei a confeccioná-la com 6 anos e terminei uns 2 anos depois, quando finalmente arrematei os inúmeros fios pendurados, as polainas não serviam mais em mim!!! Fiquei muito chateada, mas depois presenteei minha irmã menor e tudo ficou bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha primeira peça foi uma toalha de mesa redonda, pensa na raiva que eu passei pois não sabia fazer nada,conforme eu ia fazendo ela ia emborcando kk para finalizar consegui fazer só que não fiz a toalha de mesa e sim o que saiu foi uma toca que eu usei na boneca, mas nunca desisti até aprender e graças a Deus consegui.

      Excluir
  79. Nome: Nanci Gomes
    Nome do seguidor: Nanci Artes
    email: nanciartes1gmail.com
    Divulgação: www.facebook.com/nanciartes
    Resposta: Aprendi roupinha de boneca, quando eu estava na escola minha mãe ia aprender croche e na volta ela me passava tudo. Mesmo eu sendo canhota e ela não, o engraçado era pra que lado você está indo e ela dizia não importa o lado e sim que você vai chegar.

    ResponderExcluir
  80. Nome:Nancy Uze Balbiani
    Nome de seguidor:nancy uze
    Email:nancyuze@yahoo.com.br

    Resposta:Eu vim morar no Brasil com 44 anos( nasci no Uruguay),sentia-me sozinha e foi num grupo de artesanato da igreja do bairro querendo aprender pintura em tecido,uma professora falou no meu ouvido que o crochê era mais valorizado,aí deram para fazer um sache de tecido bordado com um barradinho em crochê.claro que a aula não deu para eu terminar,aí pedi para levar o trabalho para terminar em casa,nem agulha eu tinha y elas,sem me conhecer , emprestarom-me o material .Atê hoje não parei e na atualidade eu sou a "professora " voluntária de crochê do grupo e amo o que faço.

    ResponderExcluir
  81. Nome: Andresa Corral Pinheiro Morais
    Nome de seguidor: A Arte de Fazer Crochê By Andresa
    Email: andresacorral@hotmail.com

    Resposta: Minha primeira peça foi um caminho de mesa vermelho com uma linha bem fininha que minha avó fazia, ela me ensinou a fazer peças com agulhas e linhas finas, uma dificuldade sem fim, mas hoje sou muito feliz por ter passado horas fazendo e desmanchando, e as lembranças das lindas tardes que passávamos ficaram tecidas como elos de correntes de amor e dedicação que hoje repasso em todas minha peças.

    ResponderExcluir
  82. nome Janaina gomes de santana
    nome do seguidor Angela Prates croche
    email janainagomesdesantana@gmail.com
    resposta; eu comecei fazer croche tina 7 anos foi minha mae que me ensinou e primeira coisa que fiz foi um tapete eu lembro saiu tão esquesito mas foi uma felicidade total ele saiu todo despontado, e sabe ainda vendi na epoca foi 5 reais não esqueço foi a minha primeira peça de croche rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  83. nome janaina gome de santana n
    nome do seguidor angela prates
    imail janainagomesdesantana@gmail.com
    resposta comecei a fazer croche aos 7 anos foi minha mãe que me ensinou e o meu primeiro trabalho que fiz foi um tapete e ele saiu muito engrassado mas p mim estava lindo foi p mim uma grande conquista e o vendi na epoca vendi por 5 reais,e foi meu primeiro trabalho q croche rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  84. Nome: Bárbara Escorsin
    Nome de Seguidor: Bárbara
    Email: barbaraescorsin@gmail.com

    Resposta: Minha primeira peça foi um porta papel higiênico, sempre fui apaixonada por artesanato, comecei fazendo ponto cruz fiz tempo ganhei uns troquinhos com eles, depois passei para os biscuits, vendi bem, depois pinturas em madeira e gesso esses fiz para enfeitar minha casa, aí fiquei um tempo sem fazer artesanato , entrei em depressão comecei um tratamento e resolvi voltar a fazer arte, fiquei pensando o que realmente eu queria, eu sempre ficava olhando minha mãe fazer crochê e olhava e olhava e pensava parece que ela tem maquina nas mãos, fui tentar e só saía correntinha, até que há um mês atrás falei para mim mesma, já que minha mãe mora longe minha sogra não sabe explicar vou conseguir por conta própria, aí entrei num site: aprendendocroche.com.br e acreditem vi revi vi de novo e CONSEGUI fazer minha primeira peça, e descobri que o que realmente eu amo é o crochê, não paro mais, já fiz várias peças , até minha filha de 10 anos está fazendo. AMO CROCHÊ. Agora vou me dedicar ao crochê. Bjuxxxx !!!!

    ResponderExcluir
  85. nome Márcia aparecida
    nome de seguidor:a criativa artes em croche
    email:acriativaartes@hotmail.com

    resposta:minha primeira peça foi um tapete de barbante...hj ganho só fazendo tapetes....bjs

    ResponderExcluir
  86. Nome Márcia aparecida
    Nome de seguidor: Márcia crochetando
    email acriativaartes@gmail.com

    resposta: minha primeira peça foi um tapete de croche...hj ganho dinhero fazendo tapete...bjs.

    ResponderExcluir